O Moinho… do Mar

“Não estava nada à espera disto. Este refúgio feito ninho, casinha de pescadores recuperada à beira mar, literalmente à beira mar. E acordas a Norte da tua bússola com o cheiro da maresia a coçar te nariz, com o calor da salamandra aos pés da cama, numa conchinha perfeita, de pé enroscado. E demoras-te na ronha enquanto o teu namorado te foi comprar pão quentinho e só te levantas, para abrir a janela e convidas o mar a entrar. E sentes que tens tudo o que precisas ali. E demoras-te à desfrutar, eu, tu e o mar”.

in Isabel Saldanha
Instagram